quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Sobre a natação



Vasculhando o blog de um amigo, o Xampa (André Cruz), vi que ele tinha publicado um texto meu sobre a natação qeu eu escrevi ano passado no grupo que fazemos parte no Facebook. Li novamente o que eu mesmo havia escrito e cheguei à conclusão que concordo comigo rsrsrsrrs.

Resolvi publicá-lo aqui. Acho que vale à pena.



"Dos 3 esportes, a natação é sem dúvida a mais técnica. É indiscutível também que natação de água aberta é diferente de piscina. No entanto, eu estou percebendo que a natação é o esporte que mais precisa de "inteligência" do atleta. O que quero dizer é que os manuais, instrutores, teorias, etc existem aos montes e muitas são as vezes que eles se contradizem. Como citou a respiração, já vi muita gente falar que a melhor respiração para água aberta é a 2x1, para um lado só, para oxigenar melhor, mas já ouvi muitos falarem de 3x1 para ser simétrico e aprender a olhar para os dois lados. Já vi muita gente falar que natação de piscina tem mais deslize e a de água aberta tem mais força e a cadência mais alta. Já vi muita gente treinar perna animal e já vi muitos nem treinarem perna pois afinal, é uma prova de triathlon e preservar a perna é uma boa. Já vi muita gente falar de fazer o spin (o balanço de um lado para outro) e muita gente falar que não é para fazer. Já vi gente falar que água aberta tem que nadar com o braço mais aberto, mais longe do seu centro e puxar a água reto, sem fazer o famoso "S" e já vi quem fale que o corpo precisa ser o mais longitudinal possível, trazendo a puxada embaixo do umbigo. Cara, o que eu aprendi é que ficaremos loucos se ouvirmos todo mundo. A natação é treino, sensibilidade e percepção, muito antes de se treinar força. Perceba o físico dos nadadores. Ora são magros, ora são gordos, ora são altos, ora baixos, ora musculosos, ora raquíticos. Não existe um biotipo que defina o esporte. Já vi todos esses biotipos nadarem MUITO. Acredito que não exista uma técnica única. O que existe são algumas melhores práticas e o resto é vc que precisa encontrar "a sua pegada". Posso dar o meu exemplo. Eu melhorei muito na piscina de 3 anos para cá. No entanto, meus tempos em prova não melhoraram. Como pode ser? Percebi, nadando com outros triatletas amigos que eu nado torto, sem direção. Percebi que minha natação no mar flui muito mais quando eu faço um balanço, spin, maior, exigindo menos força, percebi que mesmo que eu olhe mais para frente, me desgastando mais, eu no final ganhom porque nadei reto...Mas essas coisas são percepções que provavelmente só servem para mim e para outro grupo de atletas que possuem a mesma dificuldade que eu. O que eu te aconselho é ser inteligente. Veja muitos vídeos no Youtube, principalmente de fundistas, canse de ler teorias, ainda que controversas, pense em cada uma delas, aplique na piscina durante os treinos, adapte-se. Vc entra em uma piscina com um intrutor e ele te corrige algo. Depois vc vai em outra piscina, o outro intrutor te corrige exatamente o que o primeiro instrutor falou...vc acaba ficando louco. Use a SUA percepção. Água é uma questão de equilíbrio, cadência, respiração, saber a cadência e o balanço certo para flutuar e se projetar para frente...mas isso vai variar muito do biotipo do atleta, da composição de gordura, muscular, não existe uma mágica nesse esporte...."


Ulisses

Um comentário: