quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

"Triatleta é que nem pato...



...não nada direito, não pedala direito e não corre direito".

rsrsrsrrs. Temos que admitir que é engraçado. Esta normalmente é a zoeira que o pessoal dos respectivos esportes individuais falam dos triatletas.

Bom, quero me dar o direito de defesa e, obviamente, ajudar meus amigos triatletas a se defenderem também (rs).



O primeiro argumento é sempre mostrar os resultados que alguns atletas de elite fazem. Não é raro ver em provas de 70.3 (Distâncias de 1900m/90km/21km), os profissionais que fazem tempos por volta de 3h45m, a média da natação ser 1'10/100m, a média da bike ser acima de 43km/h e a média do pacing da corrida ser 3'25/km. Para um bom entendedor de esporte, dá para ver que de "não fazer nada direito" um cara desse não tem nada, não é mesmo?

O argumento que mais gosto de colocar para meus ilustres amigos nadadores, ciclistas e corredores é uma história hipotética (para sacaneá-los, claro rsrsrs).

Levando em conta que os quatro são esportes olímpicos, triathlon não é o somatório dos três esportes, mas um esporte único, com suas federações, seus treinamentos específicos e suas competições, certo?

Bom, criemos, portanto, quatro provas hipotéticas: uma de travessia aquática, uma de ciclismo, uma de corrida e uma de triathlon. Provas estas que contem com a presença de muitos atletas, dezenas ou centenas, (quando não, milhares) como normalmente acontecem nas quatro modalidades.

Peguemos um bom atleta de cada modalidade, onde os mesmos estão no mesmo nível. Se forem profissionais, os quatro profissionais, se forem amadores de elite, os quatro amadores de elite, e assim por diante, em suas respectivas modalidades.

Vamos submetê-los às quatro competições. Os quatro farão as quatro provas juntos, em datas diferentes.

Aí eu pergunto para meus amigos "monoesportes" (rs). O que vocês acham que vai acontecer?

Várias respostas surgem, algumas até engraçadas, mas o óbvio é que acontecerá o seguinte:

- Na prova de travessia aquática, o nadador chegará entre os 5 primeiros, o ciclista e o corredor chegarão na última porção, nos últimos 100, agarrando na bóia, isso se nadarem até ela ou se não precisarem de ajuda de um caiaque (rs) ou não se perderem em mar aberto. Já o triatleta, chegará entre os 20 primeiros.

- Na prova de ciclismo, o ciclista chegará entre os 5 primeiros, o nadador e o corredor chegarão completamente quebrados em último (penúltimo e último respectivamente rs), isso, se chegarem. O triatleta chegará entre os 10 primeiros.

- Na prova de corrida, o corredor pegará pódio entre os 3 primeiros. O nadador e o ciclista talvez não completem a prova, ou chegarão na porção final andando ou trotando, com aquela cara vermelha e o coração parecendo que vai explodir. O triatleta chegará entre os primeiros, se também não descolar um pódio.

- Agora a parte engraçada. Vamos submeter os quatro a uma prova de triathlon. O triatleta chegará entre os 5 primeiros ou um pódio. O corredor quase morrerá na água, pedalará tão lento que quando chegasse para correr, todos já teriam ido embora tomar banho e almoçar(rs). Além disso, iria correr mal, já que não está acostumado com aquela fadiga para sair para correr. O nadador ia sair na foto pois ia sair da água entre os três primeiros. Na hora que começasse a pedalar, nos primeiros 15 minutos, tanto ciclista ia ultrapassá-lo que ia sentir vontade de desistir (rs). Quando chegasse para correr, ele ia ver aquele gordinho saindo na frente dele, tranquilo, e as suas pernas bambas, sem demonstrar reação (rs). Ia andar o resto da prova até a noite e não ia pegar o gordinho (rs). Acredito que o ciclista ia fazer menos feio dos três, pois boa parte da prova é o pedal. Ia sair da água, olhar para os lados e ver aquele monte de velhinhos de 80 anos e tiazinhas conversando e pensar "não acredito que esses tios nadaram melhor do que eu" (rsrsrs). Pegando a bike, ia ultrapassar centenas, como um raio. Na hora de correr, ia sair correndo pensando "isso aqui tá mole!". Depois de cinco minutos..."a casa caiu" e terá uma longa jornada caminhando e trotando até a linha de chegada....Lembram-se daquele gordinho? Ele passa o ciclista no km 15 da meia maratona, mais ou menos rsrsrsrrs.

E aí "monoatletas"? Quem é mais atleta? rsrsrrsrs

Brincadeira em gente....Apenas uma ponta de vingança...

Ulisses

13 comentários:

  1. Ulisses...na mosca!!! hehe.

    Ótimo texto.

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Ou o pessoal do ciclismo poderia mandar o Lance Armstrong, vencer a porra toda e mostrar como nós triatletas somos medíocres (não no sentido pejorativo) uma vez que o tio no alto dos seus 40's saiu de uma carreira, digamos assim... recheada, no monoesporte, entrou no meio da molecada e cagou na cabeça de todo mundo. Só não ganhou a prova porque ficou meia hora na transição fazendo a unha e colocando meia!

    Que tal? heheheh

    Abs e bom carnaval! Cuidado nas estradas porque ta cheio de idiota por aí

    Parabéns pelo blog!

    LODD

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahahhahaha Lodd, quando escrevi esse texto, pensei exatamente nisso. Eu tinha inventado essa história antes do Lance fazer aquela aberração no Panamá ahahahha. O cara literalmente cagou na cabeça de todo mundo rsrsrsrsr. Ele é um divisor de águas...O mundo antes de Lance e o mundo depois de Lance...
      Mas não podemos nos esquecer que ele foi campeão americano de triathlon com 16 anos de idade rsrsrsrs e foi nadador de elite... o cara é um fenômeno.

      Excluir
    2. Dá uma lida nesse post que o Deco colocou hj no Blog dele... Eu sei que o teu foi no tom da bincadeira mas as idéias são complementares...

      http://naroda.blogspot.com/2012/02/triathleta-nao-pode-porque.html?spref=tw

      Abs

      Excluir
    3. Fui lá ler rsrsrsr. Na verdade, eu nunca vi na prática o que o Deco colocou. Nunca vi um triatleta olhar um cara que nada muito, por exemplo, e achar que foi "uma bosta". Pelo menos as experiências que eu tive, os triatletas que conheço, sempre se impressionam com os feitos de caras como Michael Phelps, ou mesmo alguns brasileiros nadadores como Glauco Rangel, Tiago Lima, etc. Quem não vai ficar impressionado com um amador maratonista que treina, chega na maratona de São Paulo e crava um 2h45, por exemplo? Sinceramente, acho que esse preconceito é infinitamente maior dos esportes individuais em relação ao triathlon do que ao contrário. Até porque todos os triatletas, vieram de algum dos três esportes. Óbvio que tudo que escrevi aqui foi no tom de brincadeira rsrsrsrs. Conto essa história para um corredor profissional, por exemplo, quando ele começa a me zoar falando que eu não sei correr, coisas assim rsrsrsrrs.

      Como eu disse, o Lance foi um divisor de águas. Tivemos outros casos de ciclistas de TDF que foram para Ironman e não passaram de bons amadores, mas o Lance, é uma lenda. Ele certamente encorpora esse negócio de esporte pela diversão e tal. Concordo totalmente.

      Agora, existe uma linha tênue que define a diversão no esporte, usá-lo como integração, ver os amigos, estar sempre nas provas "seja lá do que for" e insanidade. Eu vejo vários excelentes triatletas como o Ciro fazendo provas de corrida, travessia, bike, etc, mas vejo uma imensidão de outros que são "provaholics" rsrsrsr e atingem um plateau pelo excesso, além de estarem sempre lesionados. O Ciro é um dos caras que eu vejo que mais sabe "se ouvir". O Lance deve ser um MESTRE em saber se ouvir. Atletas que adquiriram essa habilidade aprofundada, conseguem estar nas provas, nos momentos certos, em épocas certas, quando se sentem bem, enfim. Eles sabem o "quando". É diferente de sair fazendo tudo quanto é prova para se divertir e depois não conseguir os resultados que espera.
      Sei lá se me fiz entender rsrsrsrrs

      Abs

      Excluir
    4. Ulisses,
      O Triatleta é sim muito mais completo, exigi-se muito mais em termos de preparo, treino, planejamento pois estamos falando de três modalidades diferentes, que fazem do triathlon um esporte só, não que os monoesportes não precisem disso e como precisam, principalmente se falarmos á nível olimpico, talvez um nadador de elite, se dedicando possa ser um grande triatleta ou vice-versa, a prova disso realmente e não teria como não dizer é o LANCE ARMSTRONG, que pelo que eu sei foi um grande nadador, depois virou ciclista e agora é triatleta, eu falo como nadador, pois sou um péssimo corredor, talvez possa me tornar um ciclista melhor, com treinamentos, o melhor de tudo isso é o clima, as amizades, os desafios enfrentados por cada um, não tenho dúvidas que o Triathlon é mais empolgante, motivante de participar, de assistir, de ver, do que uma marantona de natação talvez, mas estou aqui para defender os nadadores, quero ver em 2013, o Michael Phelps, quer começar a treinar para provas de Triathlon, será que ele poderá vir a se tornar um Lance Armstrong???, talvez não pelo seu porte fisico, que são pernas curtas e braços muito longos, o que o prejudica muito nas corridas, mas estarei ancioso por ver essa estréia, isso estou. Abraços

      Excluir
    5. Fala Augusto...é tudo zoeira rsrsrsrrs é porque já ouvi muito nadador, ciclista e corredor falando isso...então tenho meu direito rsrsrsrs..
      O Lance não é um nadador que virou ciclista...É um nadador que virou triatleta de competição, comeptiu com Mark Allen e tudo mais e depois virou ciclista. Saiu do ciclismo, fez maratonas, MTB, etc...é um alucinado por esporte de endurance e faz bem qualquer coisa.
      Mas na história do triathlon já teve muita experiência de outros atletas de corrida, ciclismo e natação de elite que foram para o triathlon e não se deram bem. Os que se deram pior foram ainda os corredores, porque faziam os três mal, já que a fadiga era muito grande. Isso é estatística real.

      Falar que o Lance saiu do ciclismo e detonou no triathlon é piada. Só o que o cara de maratona para baixo de 2h40, eu não tenho a vida inteira correndo rsrsrrsrsrsrs

      Excluir
  3. È acho que vc está correto, um ciclista que quase niguém conhece, Chanado Lance Armstrong. Fez uma prova de triatlon 70.3 no Pánama e chegou em 2 lugar. Agora quero ver um Tri-atleta fazer uma Volta Ciclistica e conseguir terminar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahahhahahahahah O Lance pega em segundo se participar até no salto em distância na olimpíada. Ele é de marte rsrsrsrsrrsrs

      Excluir
  4. Colocar esse post na semana que o Lance fez aquilo no Panamá foi foda rsrsrsrrsrsrsrsr

    ResponderExcluir
  5. KKKKKKKKKKKKKKK..... O Lance detonou o post! Mas é bem legal, tinha lido o post do Deco antes de ler o seu, o dele fala o contrário...rsrs...mas pq essa briga né? Vamos nos divertir e pronto...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atleta é tão competitivo que não pode ver zoeira que quer brigar rsrsrrsrsrsrs...

      Mas a do Lance tá fácil rsrsrs... ao invés de dizer que ele foi um ciclista que destruiu no 70.3 do Panamá, prefiro dizer que ele era um nadador que virou campeão de triathlon e depois foi praticar ciclismo e virou 7x campeão do Tour rsrsrsrrsrsrsr

      Puta conversa de boteco rsrsrsrrsrsrs

      Excluir
  6. Ulisse, Parabens pelo seu BLOG !!!

    abração

    Ricardo

    ResponderExcluir