quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Dizem que veganos são desnutridos....




Ulisses Franceshi Eliano - 2o lugar, categoria 35-39 no Long Distance de Pirassununga 2012


Marcos Faria - 2o lugar, categoria 30-34 no Long Distance de Pirassununga 2012


O que eles tem em comum?

Ambos veganos! Não comem carne de vaca, não comem peixe, não comem frango, não comem ovos ou derivados de leite.

Se você já ouviu que dieta vegetariana não disponibiliza toda proteína que precisamos, que não disponibiliza todos os nutrientes necessários ou que precisamos impreterivelmente de alimentos derivados de animais para termos uma vida saudável...



terça-feira, 27 de novembro de 2012

Pirassununga - Agradecimentos e Relato



Olá a todos, 

Mais um ano se passa e a tradicional prova do Long Distance de Pirassununga acabou de acontecer. Como sempre, aquela prova dura, porém bem atípica.

Vou dividir este post em duas partes. Uma de agradecimento e outra de um relato deste final de semana de Long Distance!




sábado, 17 de novembro de 2012

Pirassununga está aí!





A tradicional prova do Long Distance de Pirassununga está batendo à nossa porta. Será no domingo dia 25/11 próximo e faz exatos trinta minutos que declaro minha fase de polimento iniciada.

Esta prova é osso duro. Natação difícil, naquela água pesada onde não é permitido o uso de wetsuit. A bike é uma delícia por ser um circuito rápido, sem curvas de 180o, com algumas subidas e descidas e um vento razoável, mas nada que atrapalhe o desempenho. Dá para pedalar forte o tempo todo. Ouvi dizer também que recapearam a pista, o que foi uma ótima notícia. A corrida é onde "a criança chora e a mãe não vê", como diz meu amigo Marcos Faria. O calor e umidade são as piores caractrísticas, além de uma parte interminável em terra irregular que aparece quando já estamos morrendo. Não dá para ir destreinado para esta prova.

Treinei, claro. Será a quinta vez seguida que faço esta prova e já sei a padreira que está por vir. A cada ano tento me melhorar nela e até então, venho conseguindo. A partir do ano passado, no entanto, a coisa não ficou tão fácil assim. Considero que fiz algo além das minhas capacidades em 2011 e não sei ao certo se consigo melhorar, mas, se fosse fácil, não seria triathlon, não é mesmo? Estou motivado e tentarei fazer o melhor polimento que consigo para chegar lá com uma vontade louca de fazer força. Se a prova for limpa, como foi ano passado, com a fiscalização em cima dos vaqueiros, minhas chances aumentam muito.