quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Veganos na revista Mundotri



Gostaria de agradecer à revista MundoTri e ao seu editor, Wagner Araújo, pela oportunidade de divulgar a dieta vegana no triathlon.

Gostaria de corrigir um erro na publicação. Tanto eu como o Marcos não somos veganos há alguns anos e sim há alguns meses. Estamos em um processo de aprendizado constante, mas já constatamos, sem sombra de dúvidas, que esta dieta bem feita e estruturada é completamente compatível com os esportes de alto rendimento.

A outra coisa que gostaria de corrigir, e que provavelmente o Wagner não poderia publicar na revista devido aos seus patrocinadores, é que não como todos os dias em casa, mas vou com muita constância ao restaurante Santa Pimenta aqui de Atibaia, que tanto me apóia. O melhor restaurante da região, diga-se de passagem.




Leiam a reportagem na íntegra...

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Então, o que você come?





Olá,

Escuto de muita gente: "Mas então, o que você come?".

Muitos podem achar que escuto isso desde que sou vegano há poucos meses, ou mesmo quando virei triatleta e mudei muito minha alimentação, mas enganam-se. Escuto isso desde meus 22 anos quando simplesmente resolvi retirar de minha dieta itens gordurosos e açúcar em excesso. Como os "itens gordurosos", na minha concepção de nutrição da época, consistiam em frituras, carnes gordurosas, molhos e queijos gordurosos, tortas, etc, o que representa hoje a imensa maioria da dieta "normal" de uma pessoa, eu já escutava o famoso "Mas então, o que você come?". Na época, eu já era obrigado a comer em restaurantes self service, já não comia nada em festas e já era super restrito para comer na casa de outras pessoas e, principalmente, no ambiente de trabalho. Tudo isso simplesmente por fazer o básico do básico para uma nutrição menos destrutiva.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Especificidade para o SOLOMAN




Olá,

Por três anos, dediquei os primeiros meses do ano para estar pronto na largada do Ironman Brasil. Este ano, será o quarto que enfrentarei este desafio. No entanto, a situação é pra lá de diferente.

O Ironman Brasil possui uma natação no mar, com anos difíceis e anos fáceis. Depende do "humor" da praia do Jurerê naquele último final de semana de maio.

No ciclismo, temos subidas, sim, é claro, mas a maior parte do circuito plana, porém, com vento que dificulta, principalmente na segunda volta.

Na corrida, temos o famoso "morro de Canasvieiras" que é pra lá de íngrime, porém, curto. O restante do circuito é plano com levíssimos aclives e declives.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

O Abismo entre Atletas




Devido ao recente caso de doping no triatleta brasileiro Ivan Albano e à publicação de sua carta de desculpas nas redes sociais, os fóruns bombaram com acusações e justificativas, contra e a favor do atleta.

Como sempre nestas questões que envolvem temas éticos difíceis, os diálogos se perdiam. Os famosos argumentos "é crime e deveria ser punido, mas não se ele for meu amigo", ou "não podemos opinar quando não conhecemos a situação" apareceram de monte. Cada vez mais fico tenso com a visão distorcida de ética, moral e justiça que algumas pessoas tem da sociedade, afinal, elas tem filhos e uma nova geração com esta mentalidade está em formação. Mais ou menos como o caso do Lance Armstrong  onde muitos ainda o apoiavam alegando que "era uma perseguição, já que outros se dopavam e estavam impune", como se esta fosse uma justificativa para absolvição de qualquer criminoso de qualquer crime.