sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Vegetarianos e veganos comem bem?




Percebo que existem dois mitos sobre o vegetarianismo. O primeiro e mais difundido é aquele que o vegetariano é fraquinho, anêmico, magricelo, apático e sem energia. O segundo é o de que apenas pelo fato de nos tornarmos vegetarianos/veganos, automaticamente nossa nutrição fica adequada e mais nutritiva.

São mitos antagônicos, mas eles existem aos montes. E o pior, ambos estão absurdamente errados.

Quanto ao primeiro mito citado, não vou me aprofundar muito por questões óbvias. Este é um blog do "Ulisses Triatleta" e se derem uma vasculhada nele vão perceber rapidinho que fraquinho, anêmico, magricelo, apático e sem energia são atribuições que não me pertencem rsrsrsrs. Pessoas que ainda carregam esse mito estão no fundo do poço da ignorância e para chegar neste nível de discurso e argumentação eu teria que me emburrecer demais. E ainda perderia, porque naquele campo, ela é "brilhante" rsrsrsrs.

É a respeito do segundo mito que quero escrever aqui.



Alguém aqui já viu uma pessoa com um prato de arroz branco e batatas fritas? Aquele arroz que ainda por cima foi feito com óleo quente na panela para fritar o alho? Alguém já viu alguém, em seu café da manhã, comer um pão francês e um café preto com açúcar? Já viram alguém que abarrota o carrinho do supermercado com batatinhas Elma Chips? 

Bem, aqui temos ótimos exemplos legítmos de veganos que passarão suas vidas em farmácias e médicos. Estes, na verdade, são os que sustentam o primeiro mito e são neles que aquelas pessoas que estão no fundo do poço que citei antes (rsrsrs) se agarram em seus discursos falaciosos.

Vamos deixar uma coisa bem clara. Existem pessoas que se alimentam "bem" e existem pessoas que se alimentam mal. Ponto. (coloquei o "bem" entre aspas porque as pessoas que considero que se alimentam bem realmente fazem parte de um grupo tão seleto de indivíduos que nem vou referenciá-los por enquanto). Estes dois conjuntos são completamente independentes do vegetarianismo/veganismo. Temos onívoros que se alimentam "bem" e que se alimentam mal e vegetarianos/veganos da mesma forma. O fato da pessoa consumir apenas produtos de origem vegetal pode torná-la até eticamente mais resposável, mas não garante boa nutrição. Será que isto não é um tanto óbvio? Sim, é óbvio, mas incrivelmente, o nível de desconhecimento alimentar é tanto, que ainda temos estas crenças.

Sou capaz de afirmar ainda, e aqui apenas uma opinião pessoal e especulativa, que um vegetariano que come mal, come MUITO PIOR do que um onívoro que come mal. Talvez daí tenha surgido o primeiro mito, já que 99% da população come mal (sim, sim...tem uns 10% aí que acha que come bem, mas come mal). O onívoro que come mal possui todas as desvantagens do consumo de gorduras saturadas, trans, hidrogenadas, sódio, açúcar branco, farinha branca, arroz branco, défcit de inúmeras vitaminas e minerais, mas tem a "vantagem" de ter os nutrientes dos derivados de animal. Estes derivados possuem uma infinidade de toxinas, hormônios, antibióticos, etc, mas sim, eles possuem também nutrientes importantes como ferro, zinco, vitaminas do complexo B, etc. Já o vegetariano/vegano que come mal, pode não ter os antibióticos e hormônios, mas terá sérios problemas de saúde com excesso de açúcar branco, arroz branco, farinha branca, agrotóxicos, transgênicos, gorduras de péssima qualidade e, para piorar, o défcit dos nutrientes que encontraria em alguma fonte animal.

Escuto o tempo todo relatos de pessoas que se tornaram vegetarianas ou, mais radicais, veganas, e não aguentaram porque começarm a ter graves défcits nutricionais. Tiveram que recuar na decisão. De forma geral, o que eu percebo, é que uma boa parte (se não a maioria) dos veganos e vegetarianos tomam esta decisão por razões estritamente éticas. Muito louvável, diga-se de passagem. No entanto, acabam não fazendo a lição de casa de se informar para poder se alimentar adequadamente.

Já vi muitas vezes obesos vegetarianos. Já vi muitas vezes pessoas que conseguem entrar em um lugar que só vende produtos naturais ou um restaurante vegetariano e conseguir comer mal! O lugar possui mil opções, frutas secas, oleaginosas, pastas de amendoim, tahine, chás de alta qualidade, cereais de todos os tipos, sementes maravilhosas, farinhas integrais e a pessoa consegue pegar um "Corn Flakes" com açúcar e um "Crisps" (cereal matinal) daqueles coloridos, cheio de corante. Affff.

Sou bisbilhoteiro. Me divirto olhando o prato das pessoas em restaurantes diversos. E acho impressionante que, mesmo em algum restaurante com comidas maravilhosas, como é o caso do Santa Pimenta aqui em Atibaia, a pessoa CONSEGUE COMER MAL! Muitas foram as vezes, inclusive que elas chegam para mim e dizem "Hoje comi bem porque comi naquele restaurante", se referindo ao restaurante vegetariano ou natural. É como se fosse um passaporte da alegria. NÃO, ELA COMEU MAL, mesmo naquele restaurante!

Vou fechar este post com mais uma opinião que tem a ver com a minha experiência pessoal. Citei anteriormente que é bem possível que um vegetariano/vegano que come mal, come pior do que um onívoro que come mal. Acredito que isso seja realmente verdade. No entanto, acredito da mesma forma, que um vegetariano/vegano que se alimenta bem, muito bem, o bem sem aspas duplas, se alimenta muito melhor do que um onívoro que se alimenta bem. Estou me refirindo à pessoas que realmente são antenadas em nutrição e só colocam em seus pratos comida de qualidade. Pessoas que tentam o máximo possível saber a origem e as características de seus alimentos. Pessoas que comem para treinar, não treinam para comer. Acredito seriamente que, mesmo com estas duas alimentações boas, o vegano leva vantagem.

Um bom exemplo do que um vegano que come bem come está aqui:
http://www.ulissestriatleta.com/2013/01/entao-o-que-voce-come.html

Mito detonado?


Nenhum comentário:

Postar um comentário