quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

SOLOMAN Ultramaratona - em março!!!!




SOLOMAN não é só Triathlon! Soloman é a paixão pelo esporte de endurance!

Neste espírito, nada que resgate mais a essência do endurance do que uma Ultramaratona de Montanha com dificuldade para ninguém botar defeito em um lugar privilegiado no interior de São Paulo.

A Ultramaratona será aos moldes da Filosofia do Soloman (saiba mais), isto é, não há uma organização. Há atletas comprometidos com o esporte que querem realizar um evento memorável. Por isso, não há valores de inscrições, nem infraestrutura. O atleta deve ser autosuficiente, apesar de nada impedi-lo de contar com alguma equipe de apoio durante o percurso.

Para participar, basta seguir o "código de conduta", principalmente no que se refere a conhecer o circuito e sanar as possíveis dúvidas PREVIAMENTE, e estar no dia e hora indicados.

Outros detalhes serão programados pelas redes sociais entre os participantes.

O circuito consiste em largar do Pouso Livre de Atibaia, pegar a Av. Santana até que ela vire estrada de terra e seguir até o Clube da Montanha. Este é o primeiro ponto de referência. De lá, seguir pela estrada da Pedra Grande até a entrada para a Pedra do Coração (existe uma placa que indica esta entrada com "Sítio do Caqui"). Continuar até a Pedra do Coração. Este é o segundo ponto de referência. Continuar e descer a trilha até a Cachoeira do Barrocão, como a terceira referência. Lá chegando voltar todo o trajeto até a placa "Sítio do Caqui", só que desta vez virar à direita e continuar até a Pedra Grande. Esta é a quarta e principal referência. Tomar o caminho de volta, exatamente pelo caminho que veio, mas sem entrar para a Pedra do Coração. Seguir até a chegada novamente no Pouso Livre.


O circuito é 90% em terra, com muitas subidas e descidas com inclinação elevada, e requer cuidado em alguns trechos. Não existem trilhas em pedras ou "single tracks". As trilhas costumam ser largas e são, da mesma forma utilizadas por montain bikers, motocross e carros 4x4.

O percurso possui pontos de possível confusão como bifurcações. Por isso a necessidade de ter um prévio conhecimento do mesmo, quer seja de forma presencial, quer seja entendendo o trajeto pelo Google Earth. No sábado anterior a prova, vamos tentar fazer um reconhecimento de carro (até a parte que dá), por isso, o ideal seria virem no próprio sábado e passarem a noite em Atibaia!

Segue o link do arquivo em formato Google Earth KMZ. Nele, é possível "viajar" pelo circuito da Ultra. Mais à frente, soltaremos outro arquivo com mais detalhes sobre as bifurcações.

Obs: Recomendamos fortemente que este arquivo seja visualizado no Google Earth, não apenas no Google Maps. No primeiro, é possível ver altimetria e termos uma melhor usabilidade para entender o circuito.

TRAJETO_ULTRA_EM_KMZ

O link oficial do evento é o www.soloman.com.br e as notícias acontecerão por lá e pela página do Facebook http://www.facebook.com/solomantri.

Sou apenas mais um entusiasta!


segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

57km insanos de MTB - Mapeamento da Ultramaratona





Depois de uma corrida de montanha de 33km que fizemos semana passada aqui no pedaço, este final de semana foi a vez de tentar mapear o circuito que eu tinha em mente de 57km para a Ultramaratona que estamos querendo montar em março. Para isso, seria necessário uma MTB e algum maluco para encarar o negócio comigo rsrsrs. Neste circuito, carro só tracionado (e olha lá), motocross ou MTB. A pé, já seria a própria Ultra rsrsrs.

Ambos encontrados rsrsrs. Meu chapa Fernando Quirino, que estava com uma MTB nova e outra mais antiga, foi o guerreiro. Chegou aqui 8hs do sábado com as duas magrelas e lá fomos nós.

80% do circuito eu conhecia. Boa parte por tê-lo corrido na semana anterior com o Marcos Faria e o Lucas Ferro, parte por já ter ido de carro e parte por ter olhado no Google Earth. Mas, como podem imaginar, ver um possível trajeto no Google Earth e estar ali ao vivo tem uma diferença enorme rsrs. Existem situações onde pelo Google imaginamos que é "possível", mas na realidade, é um mato com um portão de propriedade privada, por exemplo rsrsrs.

sábado, 4 de janeiro de 2014

33km de insanidade total





De vez em quando temos que sair para uns desafios "extra" treinamento. Não são necessariamente desafios de performance, mas desafios daqueles "vamos ver se chegamos no fim e em que condições" rsrsrs. Algo extra nadar/pedalar/correr, transição, séries, blocos, etc. Um destes foi hoje em companhia dos meus amigos Marcos Faria e Lucas Ferro. Aproveitando já para mais um reconhecimento do que estará por vir em março.

O desafio era o seguinte: sair do Pouso Livre de Atibaia, seguir a Av. Santana até a parte que ela vira terra e seguir para o Clube da Montanha. Lá chegando, pegar a estrada que vai em direção à Pedra Grande, só que antes, entrar à direita, na trilha que leva à Pedra do Coração em Bom Jesus dos Perdões e voltar para a estrada da Pedra Grande. Subir até a Pedra e descer pela trilha convencional "single track" até o condomínio Arco Íris e, finalmente, chegando novamente ao Pouso Livre. Impossível este circuito com carros convencionais. Depois da Pedra Grande, apenas possível a pé. Antes dela, apenas a pé, de carro 4x4, motocross ou MTB.